No Japão feudal, era comum que os pais vendessem suas filhas pequenas ao okiya, a casa das gueixas. E foi exatamente isso que aconteceu com a Michiko. Desde muito pequena, ela treinou para ser uma grande artista, capaz de dançar, cantar, tocar instrumentos e manter conversas interessantes com os homens.

Mas Michiko não é boba. Ao mesmo tempo que ela sonha em encontrar a sua família, treina com dedicação para ser uma das melhores gueixas do seu okiya a fim de não levantar suspeitas. Tanto que acaba chamando a atenção de Nobuhiro, um poderoso daimyou (senhor feudal) que se torna seu danna (mecenas).

Uma vez dentro do okiya, a gueixa vive como um lindo peixe dourado dentro de um aquário, sem permissão para ir e vir. A única forma de uma gueixa ter liberdade é através de um mecenas. Por isso, ao ser uma boa gueixa e conseguir o seu danna, Michiko finalmente consegue ser livre e fica mais próxima do seu sonho.

Vale lembrar que as gueixas não são prostitutas. Elas são artistas que entretém e fazem companhia aos homens que as contratam. Elas não são pagas para ter relações sexuais, exceto quando vendem seu omiyage (a primeira vez).


Deixe uma resposta