A Samurai (2015) foi o primeiro roteiro para história em quadrinhos que escrevi e publiquei. A narrativa nasceu da união das minhas três paixões: cultura japonesa, protagonistas femininas fortes e escrever histórias.

>> Clique aqui e leia o primeiro capítulo da HQ de graça <<

Ao desenvolver o projeto, tive a chance de conhecer grandes artistas e aprender com a troca de experiências que só um trabalho coletivo proporciona. Depois de escrever a primeira – e que, na época, seria a única – história da samurai Michiko, no final de 2014, fiz uma lista com os oito nomes que chamaria para compor o meu dream team. Eram eles:

Yoshi Itice
Vencys Lao
Guilherme Match
Mika Takahashi
Bianca Pinheiro
Herbert Berbert
Leonardo Maciel
Gustavo Borges

Para minha alegria, todos aceitaram o convite. A publicação resultou em uma HQ de oito capítulos, cada qual ilustrado por um artista diferente e com uma cor predominante.

Depois de financiar o projeto através do Catarse, a HQ foi lançado no FIQ de 2015 e distribuída em bancas por todo o Brasil. Atualmente A Samurai está quase esgotada, restando menos de 10 exemplares à venda.

A Samurai também foi uma forma que encontrei de homenagear o saudoso amigo Claudio Seto, o primeiro mangaká brasileiro e autor de O Samurai.

No final da HQ, há um conto chamado Michiko, que serve como uma espécie de prólogo para a narrativa da nossa heroína. Você pode lê-lo de graça aqui no site, basta clicar aqui para começar.

Sinopse

Japão, Período Edo (1603-1868). Época em que os shoguns (líderes militares) e daimyous (senhores feudais) dominavam territórios, sempre muito bem guardados por seus samurais. Em uma sociedade estratificada e dominada por homens, Michiko decide negar seu destino e torna-se uma guerreira para realizar o sonho de encontrar sua família. Acompanhada por Yamada, ela não medirá esforços nem poupará vidas para atingir seu objetivo – mesmo que, para isso, ela tenha que abrir mão da própria vida.