Skip to content

Publicar, ato de coragem

Escrito por

Mylle Silva

Texto de apresentação do e-book Olhares Empoderados • Volume I, uma coletânea com 13 contos escritos pelas participantes da oficina homônima, ministrada por mim de setembro a novembro de 2020.


Escrever, ato de alteridade. Enquanto escrevemos, reconhecemos a nós mesmos no outro, mesmo que num outro ficcional. Olhos de imaginação-além; olhos de sentir-ser, dança descompassada que ora se suprime o eu, ora o extrapola.

Se escrever é alteridade, publicar é coragem. É estar à margem de um mundo barulhento e, da borda, gritar Fiz um barulhinho aqui, vem ouvir!, na esperança de que as ondas sonoras vibrem aqui-acolá as membranas auriculares do tempo.

Capa da coletânea de contos Olhares Empoderados • Volume I

Olhares Empoderados • Volume I é uma coletânea de contos composta por treze coragens. Trezes pedaços de vida encapsulados em letras. Trezes encontros partilhados numa oficina — online, por acaso da pandemia. Homônimas por coincidência de tema, oficina e coletânea se entrelaçam no fazer-livro.

Num mundo isolado por imposição, queremos ter certeza de que estamos gritando para além das nossas paredes. Queremos ser-explodir em forma de — me perdoem os céticos — arte. Queremos unir em laços o indizível, arrebatar formigas e dizer aos sapos beijados que eles podem ser quem eles quiserem. Num mundo isolado, o que a gente mais quer é poder olhar o outro nos olhos e resultar conexão.

Publicar é ato de coragem porque cada texto é um olhar para dentro a alma do autor. O amontoado de palavras esconde um enxergar que só você, ao decifrá-lo, poderá desvendar. Eis agora, em suas pupilas, treze chances de descortinar cada autora além das letras. Abra os olhos do coração e leia. O momento em que você enxergar, de verdade, terá seu olhar empoderado.


O e-book foi lançado no dia 13 de abril de 2021. Na ocasião, reuni todas as escritoras em uma live e na qual cada uma contou um pouquinho sobre o conto publicado.

Anterior

O fim da autenticidade e o vício disfarçado de engajamento

Próximo

Uma arrogância que concordei em discordar

Escreva para mim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *