Skip to content

vou te contar uma história

Escrito por

Mylle Pampuch
Vou te contar uma história sobre a história que quero te contar.
Serei eu a história, e você, a história da história que ouviu.
Não porque estaremos apagados ou desfeitos,
menos ainda porque somos mortais.

Ser história é nosso super poder 
— e eu quero usá-lo ao máximo.

Estou prestes a ser a história que estou te contando agora.

Mesmo que não pareça história, é.
Mesmo que não seja história, posso fazer parecer ser.
Basta uma curva depois do drama,
uma subida depois da quebra.
Basta eu estar disposta a fazer 
e você, disposto a acreditar.

Você já está achando que isso aqui é uma história.

Continue achando.
Continue.

Só vim aqui para me inventar na sua frente.
Vim para começar a história que me esperava para ser.

Você está na primeira fileira.
Você é toda a plateia.
Você é a parte da história 
que eu não posso ser.

encontrado em:

Anterior

Processo de escrita do roteiro de A Samurai: Sujimichi

Próximo

Claudio Seto: O Samurai de Curitiba

Escreva para mim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.